Arqueólogos descobrem um enorme ídolo pagão de 1.600 anos no pântano irlandês

Gortnacrannagh Idol

Soluções de gestão arqueológicaUm de apenas uma dúzia de ídolos desse tipo já encontrados na Irlanda, o “Gortnacrannagh Idol” é o maior.

Com a construção da rodovia N5 Ballaghaderreen da Irlanda no condado de Roscommon prestes a começar, era importante pesquisar a área com antecedência para garantir que nada histórico fosse destruído. Notavelmente, uma equipe da Archaeological Management Solutions (AMS) descobriu um ídolo pagão de 1.600 anos como resultado.

Construído a partir do tronco de um carvalho dividido que data da Idade do Ferro, o artefato de madeira foi construído cerca de um século antes de São Patrício chegar à Irlanda. Preservado em um pântano em Gortnacrannagh o tempo todo, o antigo artefato foi esculpido para ter uma cabeça em forma humana em uma extremidade e várias esculturas horizontais ao longo de seu corpo.

O mais notável de tudo é que apenas uma dúzia desses ídolos foram encontrados na Irlanda, de acordo com o The Irish Examiner . Medindo mais de 2,5 metros, o recém-apelidado “Gortnacrannagh Idol” é agora oficialmente o maior já descoberto. De acordo com a escavadeira líder, Dra. Eve Campbell, seu objetivo era provavelmente ritualístico:

“É provável que seja a imagem de uma divindade pagã. Nossos ancestrais viam os pântanos como lugares místicos onde eles podiam se conectar com seus deuses e o Outro mundo. A descoberta de osso de animal ao lado de uma adaga ritual sugere que o sacrifício de animais foi realizado no local e o ídolo provavelmente fez parte dessas cerimônias. ”

Ídolo pagão da Idade do Ferro

Soluções de gestão arqueológicaCom mais de 2,5 metros de comprimento, o ídolo pagão tinha uma cabeça em forma humana esculpida em uma das extremidades e vários entalhes horizontais em seu corpo.

O pântano de Gortnacrannagh em questão fica a apenas seis milhas do local real e pré-histórico de Rathcroghan. De acordo com o Centro de Visitantes Rathcroghan, é um dos seis Sítios Reais da Irlanda e contém 240 sítios arqueológicos que datam do Neolítico e Idade do Bronze ao Ferro e Idade Média.

Embora esse ídolo seja o maior de seu tipo já encontrado na Irlanda, a especialista em madeira Cathy Moore acredita que todos eles tinham propósitos semelhantes.

“As extremidades inferiores de várias figuras também foram trabalhadas a ponto de sugerir que antes elas podem ter ficado de pé”, disse Moore.

“Seu significado está aberto à interpretação, mas eles podem ter marcado lugares especiais na paisagem, representado indivíduos ou divindades particulares ou talvez tenham funcionado como corpos de pântanos de madeira, sacrificados em lugar de humanos”.

Detalhes do ídolo de Gortnacrannagh

Soluções de gestão arqueológicaPerfis frontal e lateral do ídolo.

Tal como está, o próprio artefato foi transportado e protegido na University College Dublin (UCD). Lá, sob a supervisão da conservadora Susannah Kelly, ele será cuidadosa e completamente preservado pelos próximos três anos.

Enquanto isso, pesquisadores da AMS começaram a colaborar com o Centro de Arqueologia Experimental e Cultura Material da UCD, bem como com o Projeto Pallasboy da UCC, para construir uma réplica do ídolo. O Dr. Ros Ó Maoldúin, da AMS, disse que isso “nos ajudará a entender melhor o ídolo e apreciar como ele foi feito”.

Em última análise, a descoberta fortuita apenas tornou os oficiais mais apreciativos dos levantamentos arqueológicos anteriores aos projetos de construção em grande escala. De acordo com o The Journal Ireland , esta escavação em particular foi financiada pelo governo irlandês em colaboração com a Transport Infrastructure Ireland e o Roscommon County Council.

“Projetos de estradas como o N5 oferecem uma oportunidade significativa para a investigação de nosso patrimônio arqueológico”, disse Deirdre McCarthy, arqueólogo residente do Roscommon County Council. “Gortnacrannagh é um excelente exemplo. Se não fosse pela estrada, nunca teríamos conhecido este extraordinário local. ”

Gortnacrannagh Excavation Site

Centro de visitantes do Facebook / RathcroghanVista aérea do local da escavação no Condado de Roscommon.

Embora quaisquer descobertas detalhadas do ídolo devam ser publicadas em um livro da Transport Infrastructure Ireland, a réplica será exibida no Rathcroghan Visitor Centre após a conclusão. Quanto à sua contraparte mais antiga e inestimável, será exibida no Museu Nacional da Irlanda após a conclusão da conservação.

Em última análise, parece que apenas dois cenários favoráveis ​​permitiram que os especialistas descobrissem esta peça histórica da cultura irlandesa: as condições inundadas do pântano em Gortnacrannagh, que o impediram de corroer, e a decisão responsável de pesquisar a área antes da construção.

Agora, os pesquisadores esperam que mais revelações sobre o propósito do ídolo venham.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *